A produção acadêmica em Teopoética no Brasil: pesquisadores e modelos de leitura

Antonio Geraldo Cantarela

Resumo


O campo de conhecimento cunhado de Teopoética, relativo às interfaces entre literatura e o âmbito geral das ciências que estudam a religião e o sagrado, produziu nas últimas quatro décadas, no Brasil, grande número de eventos e publicações.  Este relato de pesquisa apresenta uma “radiografia” da produção bibliográfica no campo da Teopoética, com foco em dois aspectos: i) quem são os pesquisadores em Teopoética no Brasil (formação acadêmica, publicações na área, principais pesquisadores); e ii) que “modelos” de leitura das relações entre literatura e sagrado subjazem à sua produção (escritores e poetas mais lidos, aportes teóricos, tendências ao viés teológico, tendências à crítica literária). O trabalho de pesquisa se desenvolveu a partir de uma lista de 129 pesquisadores, 72% deles doutores, vindos em geral da Teologia e/ou das Letras, com produção bibliográfica de 1175 títulos (artigos, livros, capítulos, anais de congressos) e mais de 100 dissertações e teses na área.


Palavras-chave


Teopoética. Teologia. Literatura. Produção bibliográfica. Modelos de leitura.

Texto completo:

PDF

Referências


BARCELLOS, José Carlos. Literatura e teologia: perspectivas teórico-metodológicas no pensamento católico contemporâneo. Numen, Juiz de Fora, v. 3, n. 2 p. 9-30, 2000.

BARCELLOS, José Carlos; (GARCÍA, Flávio. Org.). Estudos literários reunidos: Compilação de 5 artigos de José Carlos Barcellos, já publicados esparsamente em periódicos. Rio de Janeiro: Ed. Dialogarts, 2008.

BARCELOS, José Carlos. O drama da salvação: espaço auto-biográfico e experiência cristã em Julien Green. Juiz de Fora, MG: Ed. Subiaco, 2008.

BINGEMER, Maria Clara Lucchetti. Iniciação e Paixão: a tensão dialética entre Eros e Agape em dois romances de Clarice Lispector. Teoliterária, São Paulo, v. 2, n. 4, jul./dez. 2012, p. 179-202.

BINGEMER, Maria Clara Lucchetti. Teopoética: uma maneira de fazer teologia. Interações, Belo Horizonte, v. 11, n. 19, jan./jun. 2016, p. 3-7 (Editorial).

BINGEMER, , Maria Clara Lucchetti. Teologia e Literatura: Afinidades e segredos compartilhados. Petrópolis: Vozes, 2015.

BOSI, Alfredo. A Poesia pode ser uma forma intuitiva de pensamento teológico. Teoliterária, São Paulo, v. 2, n. 4, jul./dez. 2012, p. 11-28.

BRANDÃO, Eli. Literatura e teologia no cenário brasileiro. In: QUEIROZ, Rosângela. (Org.) Estudos literários e socioculturais. Campina Grande: EDUEP, 2006. p. 31-46.

CALDAS FILHO, Carlos Ribeiro. Aproximações entre Teologia e Estética: uma introdução em perspectiva da teologia protestante. Interações, Belo Horizonte, v. 11, n. 19, jan./jun. 2016, p. 128-143.

CANTARELA, Antonio Geraldo. Deus e deuses nos meandros do Livro do Desassossego: uma função do estilo. Teoliterária, São Paulo, v. 5, n. 10, jul./dez. 2015, p. 48-75.

CANTARELA, Antonio Geraldo. O caçador de ausências: o sagrado em Mia Couto. 2010. 185 fls. Tese (Doutorado) – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Programa de Pós-graduação em Letras, Belo Horizonte.

CANTARELA, Antonio Geraldo. O universo da recepção em Iracema e em Sansão e Dalila: entre história e ficção. 2003. 149 fls. Dissertação (Mestrado) – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Programa de Pós-graduação em Letras, Belo Horizonte.

CONCEIÇÃO, Douglas Rodrigues da. Literatura e religião em discussão: revisitando interpretações, métodos e teorias. Cadernos da FaEL, v. 3, p. 1-23, 2010.

DE MORI, Geraldo Luiz; SANTOS, Luciano; CALDAS, Carlos. (Org.). Aragem do sagrado: Deus na literatura brasileira contemporânea. São Paulo: Loyola, 2011.

FERRAZ, Salma. (Org.) As malasartes de Lúcifer: textos críticos de Teologia e Literatura. Londrina: EDUEL, 2012.

FERRAZ, Salma. As faces de Deus na obra de um ateu: José Saramago. 2.ed. Blumenau: Edifurb, 2012.

FERRAZ, Salma; MAGALHÃES, Antonio Carlos de Melo; LEONEL, João; LEOPOLDO, Raphael Novaresi. (Org.) Teologias se literaturas 4: profetas e poetas, entre os céus e a terra. São Paulo: Fonte Editorial, 2013.

FERRAZ, Salma (Org.). No princípio era Deus e ele se fez poesia. Rio Branco, AC: EDUFAC, 2008.

FERRAZ, Salma (Org.). Pólen do Divino: textos de Teologia e Literatura. Blumenau, SC: EDIFURB, 2011.

FERRAZ, Salma; MAGALHÃES, Antonio; CONCEIÇÃO, Douglas (orgs.). Deuses em poéticas: estudos de Literatura e Teologia. Belém: UEPA; João Pessoa: UEPB, 2008.

FRYE. Northrop. Código dos códigos: a Bíblia na literatura ocidental. 2.ed. São Paulo: Boitempo, 2006.

GROSS, Eduardo. (Org.) Manifestações literárias do sagrado. Juiz de Fora: Editora da Universidade Federal de Juiz de Fora, 2002.

GROSS, Eduardo. Modelos hermenêuticos para a percepção do religioso na literatura. In: HUFF, Arnaldo Érico; RODRIGUES, Elsa. (Org.) Experiências e interpretações do sagrado. São Paulo: Paulinas, 2012.

JOSSUA, Jean-Pierre; METZ, Johann. Editorial : Teologia e literatura. Concilium, Rio de Janeiro, v. 5, n. 115, p. 3-5, 1976.

KUSCHEL, Karl-Josef. Os escritores e as escrituras. São Paulo: Loyola, 1999.

LEONEL FERREIRA, João Cesário. A estética da recepção como exemplo de contribuição da teoria literária para a teologia exegética. Teoliterária, São Paulo, v. 2, n. 4, jul./dez. 2012, p. 100-122.

LEONEL FERREIRA, João Cesário. Religião e linguagem literária: contribuições da literatura para a interpretação de textos religiosos. Reflexão, Campinas, v. 41, n. 1, jan./jun. 2016, p. 47-59.

MAGALHÃES, Antonio Carlos de Melo. A Bíblia na crítica literária recente. Teoliterária, São Paulo, v. 2, n. 4, jul./dez. 2012, p. 133-143.

MAGALHÃES, Antonio. Deus no espelho das palavras: teologia e literatura em diálogo. 2.ed. São Paulo: Paulinas, 2009.

MAGALHÃES, Antonio. Religião e interpretação literária: perspectivas de diálogo das Ciências da Religião com a Literatura. Religião e cultura, São Paulo, v. 3, n. 6, p. 11-27, 2004.

MANZATTO, Antonio. Teologia e literatura: uma reflexão teológica a partir da antropologia contida nos romances de Jorge Amado. São Paulo: Loyola, 1994.

MANZATTO, Antonio. Teologia e Literatura: bases para um diálogo. Interações, Belo Horizonte, v. 11, n. 19, jan./jun. 2016, p. 8-18.

NOGUEIRA, Paulo Augusto de Souza (Org.). Religião e linguagem: abordagens teóricas interdisciplinares. São Paulo: Paulus, 2015.

PAULA, Adna Candido de. Explicar e compreender: por uma teoria literária teológica-religiosa. In: SPERBER, Suzi Frankl. (Org.) Presença do sagrado na literatura: questões teóricas e de hermenêutica. Campinas: Publiel; Unicamp, 2011. p. 11-21.

ROCHA, Alessandro. Deus entre gestos, cenas e palavras. São Paulo: Reflexão, 2009.

ROCHA, Alessandro; YUNES, Eliana; CARVALHO, Gilda. (Org.) Teologias e literaturas: considerações metodológicas. São Paulo: Fonte Editorial, 2011.

SPERBER, Suzi Frankl. (Org.) Presença do sagrado na literatura: questões teóricas e de hermenêutica. Campinas: Publiel; Unicamp, 2011.

TOSAUS ABADÍA, José Pedro. A Bíblia como literatura. Petrópolis: Vozes, 2000.

TOUTIN, Alberto. Teología y literatura: hitos para un diálogo. Santiago: Pontifícia Universidad Católica de Chile, 2011.

VILLAS BOAS, Alex. A ideia de poiésis na Teologia cristã. Teoliterária, São Paulo, v. 2, n. 4, jul./dez. 2012, p. 264-290.

VILLAS BOAS, Alex. A Teologia em diálogo com a Literatura: origem e tarefa poética da Teologia. São Paulo: Paulus, 2016.

VILLAS BOAS, Alex. Teologia e Literatura como Teopatodiceia: em busca de um pensamento poético teológico. 2013. Tese (Doutorado) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Programa de Pós-graduação em Teologia, Rio de Janeiro.

VILLAS BOAS, Alex. Recuperar a lógica poética da Revelação: uma contribuição do diálogo entre Teologia e Literatura. . Interações, Belo Horizonte, v. 11, n. 19, jan./jun. 2016, p. 61-86.




DOI: https://doi.org/10.19143/2236-9937.2018v8n15p193-221

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Filiada:

Apoio:


Teoliteraria está indexada em:

     

    

  

                         

 

 

 

 

 

Presença da Teoliteraria em Bibliotecas no exterior:

 

                         
                               
            
                        
                       
              
                              
                                          
                       
                
                             

 

           

  

 



  

     
 Está obra está licenciada sobre uma Creative Commons Attribution 4.0 International License.