Efeitos das intervenções cognitivas na cognição e em variáveis sociais de adultos maduros e em idosos: uma revisão sistemática

Thais Bento Lima da Silva, Gabriela dos Santos, Mariana Garcia Zumkeller, Maurício Einstoss de Castro Barbosa, Ana Paula Bagli Moreira, Tiago Nascimento Ordonez, Patrícia Prata Lessa, Neide Pereira Cardoso, Luiz Carlos de Moraes, Antônio Carlos Guarini Perpetuo

Resumo


Estudos destacam que as intervenções cognitivas melhoram as funções cognitivas e a interação social. Objetivou-se identificar a relação entre intervenções cognitivas e seus benefícios na cognição, e em variáveis sociais de adultos maduros e de idosos sem demência e sem depressão. O estudo de revisão sistemática foi realizado entre novembro e dezembro de 2020, com busca nas bases de dados PubMed, SciELO, LILACS, MEDLINE, PsycINFO e ScienceDirect. Foram identificados 487 estudos no total e, após a seleção, foram incluídos 13 estudos. Sete deles identificaram melhoras em variáveis sociais como desfecho secundário. Houve associação positiva entre intervenções cognitivas e benefícios para variáveis sociais, bem como benefícios para a cognição de adultos maduros e idosos sem demência e sem depressão.

Palavras-chave


Envelhecimento; Cognição; Treino cognitivo; Idoso; Aspectos sociais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2021v24i0p297-317

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.