Protocolo de atuação conjunta entre a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e a Secretaria Municipal de Saúde em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) do município de São Paulo: Um relato de experiência

Edna Suzana Portela Kadri, Evany Bettine de Almeida, Thais Bento Lima da Silva

Resumo


O aumento acelerado da população idosa somado às novas configurações dos arranjos familiares que nem sempre conseguem garantir o cuidado a seus idosos requerem que o Estado divida, com as famílias, a responsabilidade. Nesse sentido, realizamos nosso estudo em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) pública de São Paulo, que tem a capacidade de acolher 60 idosos em situação de vulnerabilidade e risco social. Em janeiro de 2020 iniciou-se o protocolo de atuação conjunta, incluindo profissionais da saúde no serviço, devido à necessidade de torná-la híbrida e atender à Portaria Intersecretarial n.º 1/SMS/SMADS/2018.

Palavras-chave


Envelhecimento; Dependência; Idosos; Instituição de Longa Permanência para Idosos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2021v24i0p69-93

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.