Profissionalização de Mulheres Cientistas: pioneiras em Paleontologia no Rio de Janeiro, Brasil

Diogo Jorge Melo, Rita de Cássia Tardin Cassab

Resumo


Resumo

Este trabalho destaca aspectos da inserção profissional feminina na Paleontologia na cidade do Rio de Janeiro, onde se desenvolveram diversas instituições de cunho paleontológico e onde foi fundada a Sociedade Brasileira de Paleontologia, em 1958. A inserção destas mulheres iniciou-se na segunda metade do século XX, quando um número maior delas conseguiu adentrar e concluir seus cursos superiores. Dentre as instituições mais relevantes neste processo histórico, destacamos a Faculdade Nacional de Filosofia, onde as pioneiras se formaram no curso de História Natural, e o Departamento Nacional da Produção Mineral, onde muitas atuaram.

Palavras-chave: História da Ciência, Paleontologia, Mulheres, Gênero, Geociências

Abstract

This work highlights aspects of female professional insertion in Paleontology in the city of Rio de Janeiro, where several paleontological institutions were developed and where the Sociedade Brasileira de Paleontologia was founded in 1958. The insertion of these women began in the second half of the 20th century, when a greater number of them managed to enter and complete their higher education courses. Among the most relevant institutions in this historical process, we highlight the Faculdade Nacional de Filosofia, where the pioneers graduated in the course of Natural History, and the Departamento Nacional da Produção Mineral, where many worked.

Keywords: History of Science, Paleontology, Women, Gender, Geosciences


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2178-2911.2020v22p101-123

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM