Terapia fonoaudiológica nas disfunҫões temporomandibulares (DTM): uma revisão de literatura

Carolini Novak Bankersen, Cintia da Conceição Costa, Gilsane Raquel Czlusniak, Vanessa Cristina de Godoi

Resumo


Introdução: A Disfunção Temporomandibular (DTM) é reconhecida como um grupo de condições musculoesqueléticas e neuromusculares alteradas que abrangem as articulações temporomandibula­res (ATMs), os músculos mastigatórios e todos os tecidos associados, com etio­logias múltiplas e tratamentos específicos. Objetivo: O objetivo deste trabalho é revisar a literatura sobre as propostas terapêuticas das disfunções temporomandibulares (DTM’s) e verificar quais são os procedimentos terapêuticos utilizados na terapia fonoaudiológica. Métodos: Foram incluídos artigos que agregaram aos seus objetivos a descrição de propostas de intervenção fonoaudiológica, publicados em português e inglês, com os resumos disponíveis nas bases de dados LILACS, PUBMED e SCIELO e publicados entre 2008 e 2018. Os descritores utilizados foram: “síndrome da disfunção da articulação temporomandibular”, “tratamento”, “fonoaudiologia”, “transtornos da articulação temporomandibular’’, “temporomandibular joint dysfunction syndrome”, “treatment”, “speech therapy”. Resultados: Dos 83 artigos selecionados, 10 foram considerados para análise do estudo por atenderem aos critérios de inclusão. Destes, 3 se encontravam sem acesso disponível e 2 estavam repetidos, restando, assim 5 artigos para a análise. Foram encontrados artigos que abordaram técnicas com laser de baixa intensidade, terapia miofuncional orofacial tradicional e bandagem terapêutica. Conclusão: Conclui-se que nos estudos na área da Fonoaudiologia, os tratamentos trazem, além da diminuição da dor, a necessidade da reabilitação das funções orofaciais. Os estudos ainda são escassos dentro dessa patologia, sendo de muita importância novas pesquisas sobre a DTM, pois a fonoaudiologia pode trazer uma variação benéfica de tratamentos, visando o restabelecimento das funções estomatognáticas.


Palavras-chave


Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular; Transtornos da Articulação Temporomandibular; Tratamento; Fonoaudiologia

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Ferreira CL, Machado BC, Borges CG, Rodrigues Da Silva MA, Sforza C, De Felício CM. Impaired orofacial motor functions on chronic temporomandibular disorders. J Electromyogr Kinesiol. 2014; 24(4): 565-71.

Ferreira CLP, Silva, MAMR, Felicio CM. Sinais e sintomas de desordem temporomandibular em mulheres e homens. CoDAS. 2016; 28(1): 17-21.

Schiffman E, Ohrbach R, Truelove E, Look J, Anderson G, Goulet JP, et al. Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders (DC/TMD) for Clinical and Research Applications: recommendations of the International RDC/TMD Consortium

Network and Orofacial Pain Special Interest Group. J Oral Facial Pain Headache. 2014; 28(1): 6-27.

Leeuw R. Dor orofacial: guia de avaliação, diagnóstico e tratamento. 4ª ed. São Paulo: Quintessence; 2010. 315p.

Motta LJ et al. Disfunção Temporomandibular segundo o Nível de Ansiedade em Adolescentes. Psic Teor e Pesq. 2015; 31(3): 389-95.

Paulino MR, Moreira VG, Lemos GA, Silva PL, Bonan PR, Batista AU. Prevalência de sinais e sintomas de disfunção temporomandibular em estudantes pré-vestibulandos: associação de fatores emocionais, hábitos parafuncionais e impacto na qualidade de vida. Ciência e Saúde Coletiva. 2018; 23(1): 173-186.

Francisco J, Perreira Jr. A relação entre maloclusão e desordens temporomandibulares: uma breve digressão pelos últimos 80 anos. Odontologia. Visão sistemática 2013; 12(1).

Mello VVC, Barbosa ACS, Morais MPLA, Gomes SGF, Vasconcelos MMVB, Caldas Jr AF. Temporomandibular Disorders in a Sample Population of the Brazilian Northeast. Braz. Dent. J. Oct. 2014; 25(5): 442-6.

Silva Jr AA, Brandão KV, Faleiros BE, et al. Temporo-mandibular disorders are an important comorbidity of migraine and may be clinically difficult to distinguish them from tension-type headache. Arq. Neuro-Psiquiatr. 2014; 72(2): 99-103.

Andrade SC, Souza RC, Silva ELQ, Freitas RPA, Lisboa LL, Dantas HÁ. Pain and associated symptoms: comparison between fibromyalgia and temporomandibular disorder. Rev Dor. 2016. 17(3): 205-9

Lemos GA, Paulino MR, Forte FDS, Beltrão RTS, Balista AUD. Influence of temporomandibular disorder presence and severity on oral health- related quality of life. Rev Dor 2015; 16(1): 10-14.

Kuroiwa DN, Marinelli JG, Rampani MS, Oliveira W, Nicodemo D. Desordens temporomandibulares e dor orofacial: estudo da qualidade de vida medida pelo Medical Outcomes Study 36 - Item Short Form Health Survey. Rev dor 2011. 12(2): 93-8.

Ganzaroli GM, Casa Junior, AJ. Avaliação da prevalência das disfunções temporomandibulares em surdos: estudo controlado. Fisioter mov 2013. 26 (1): 175-82.

Chantaracherd P, John MT, Hodges JS, Schiffman EL.Temporomandibular joint disorders’ impact on pain, function, and disability. J Dent Res 2015; 94(3): 79S–86.

Reid KI, Greene CS. Diagnosis and treatment of temporomandibular disorders: an ethical analysis of current practices. J Oral Rehabil.2013. 40 (7): 546-61.

De Rossi SS, Greenberg MS, Liu F, Steinkeler A. Temporomandibular disorders: evaluation and management. Med Clin North Am. 2014; 98 (6): 1353-84.

Felício CM, Melchior MO, Silva MA. Effects of orofacial myofunctional therapy on temporomandibular disorders. Cranio. 2010; 28(4): 249-59.

Maluf AS, Moreno DGB, Alfredo P. P, Marques PA, Rodrigues G. Exercícios terapêuticos nas desordens temporomandibulares: uma revisão de literatura Fisioterapia e Pesquisa, São Paulo. 2008. 15 (4): 408-15.

Richardson K, Gonzalez Y, Crow H, Sussman J. The effect of oral motor exercises on patients with myofascial pain of masticatory system. Case series report. N Y State Dent J. 2012; 78(1): 3.

Melchior MO, Venezian GC, Machado BCZ, Borges RF, Mazzetto MO. Does low intensity laser therapy reduce pain and change orofacial myofunctional conditions? Cranio. 2012; 31(2): 133-9.

Melchior MO, Machado BCZ, Magri LV, Mazzetto MO. Efeito do tratamento fonoaudiológico após a laserterapia de baixa intensidade em pacientes com DTM: estudo descritivo. CoDAS. 2016; 28(6): 818-22.

Machado BC, Mazzetto MO, Silva MA, Felício CM. Effects of oral motor exercises and laser therapy on chronic temporomandibular disorders: a randomized study with follow-up. Lasers Med Sci. 2016; 31(5): 945-54.

Hernandes NCJ, Ribeiro LL, Gomes CF, Silva AP, Dias VF. Atuação fonoaudiológica em disfunção temporomandibular em dois casos: análise comparativa dos efeitos da terapia tradicional e o uso da bandagem terapêutica associada. Distúrb Comum. 2017. 29(2): 251-61.




DOI: https://doi.org/10.23925/2176-2724.2021v33i2p239-248

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.