Considerações sobre o processo de gestão e controle de estoques aplicado em uma farmácia de pequeno porte

Luiz Claudio Gonçalves, Karina Honorio Gomes, Renan Novais Pereira, Carlos Vital Giordano

Resumo


Para se manter  em  um  mercado, cada vez mais exigente e competitivo é importante que pequenas empresas busquem a excelência no processo de gestão  e  controle de estoque. Dessa  forma, o artigo proposto, por meio de um estudo de caso realizado em uma farmácia de pequeno porte localizada  em uma cidade do interior de São Paulo, busca a analise desse processo, apresentando técnicas e ferramentas que possibilitaram uma efetiva  gestão e controle dos estoques, suprindo assim, as demandas e objetivos da empresa.  Além disso, foram também observados, os impactos da aplicação de um sistema de informação, o qual  contribuiu para o melhor gerenciamento  e controle do estoque existente. 


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M. C. (2010). Auditoria: um curso moderno e completo. 7. Ed. São Paulo: Atlas.

ARNOLD, J. R. T. (2009). Administração de materiais. São Paulo: Atlas.

BALLOU, R. (2006). Gerenciamento da cadeia de suprimentos/Logística empresarial. 5ªed. Porto Alegre, Bookman.

CARVALHO, J. M. C. (2002) Logística. 3ª ed. Lisboa: Editora Silabo.

CASTIGLIONI, J. A. de Mattos. (2010). Logística Operacional. 2° Ed, São Paulo Editora Érica.

CRUZ, T. (2000). Sistemas de Informações Gerenciais: tecnologia da informação e a empresa do século XXI. 2. Ed. São Paulo: Atlas.

DIAS, M. A. P. (2010). Administração de materiais: princípios, conceitos e gestão. 6. ed. 3.. São Paulo: Atlas.

FRANCISCHINI, P. G.; GURGEL, F. do Amaral. (2002). Administração de Materiais e do Patrimônio. Edição única, São Paulo: Editora Thompson Pioneira.

IUDÍCIBUS, S. de, MARTINS, E., GELBCKE, E. R.. (2000). Manual de contabilidade das sociedades por ações. 5. Ed. São Paulo: Atlas.

MARTINS, P. G.; CAMPOS ALT, P. R. C. (2009). Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais. São Paulo: Saraiva.

MARQUES, L. W. (2007). Controle de estoques para análise fundamental empresarial. 2ª ed. São Paulo: Atlas.

MAEHLER, A. E; CERETTA, P. S; JÚNIOR, P. C. (2004). Aplicação do Método de Criticidade de Materiais em Estoques Hospitalares. XXIV ENEGEP. Florianópolis.

MULLER, M. (2011). Essentials Of Inventory Management. 2nd. Ed. New York, NY: Publisher Amacom.

PARTOVI, F. Y. & ANANDARAJAN, M. (2002). Classifying inventory using an artificial neural network approach. Computers & Industrial Engineering, V. 41.

POZO, H. (2007). Administração de recursos materiais e patrimoniais: Uma abordagem Logística. 4º Ed. São Paulo: Atlas.

VIANA, J. J. (2012). Administração de materiais: um enfoque prático. São Paulo: Atlas.




DOI: https://doi.org/10.23925/cafi.v3i2.46515

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

A Revista CAFI apoia a Declaração de São Francisco sobre Avaliação de Pesquisa (DORA)

 Cirad assina a Declaração de São Francisco sobre a avaliação da pesquisa (DORA). Logo da iniciativa DORA



Indexadores

Conforme Qualis único de  2017-2018 (divulgado em 2019)


 

 

 

logo

 

Diretórios 

 

 

 

 

Creative Commons

 

A Revista Cafi adota a licença do CC-BY Creative Commons Attribution 4.0

 


ISSN 2595-1750