Análise das demonstrações contábeis como ferramenta para a análise de crédito: um estudo sob o enfoque dos modelos de previsão de insolvência

Ivana Maria Lima Volpe, Roberto Marchelli Ribeiro Junior

Resumo


Com o objetivo de identificar a influência da análise das demonstrações contábeis para a análise de crédito e utilizando os modelos de previsão de insolvência de Kanitz (1978), Elizabetsky (1976) e Matias (1978) o presente trabalho utilizou de um estudo de caso, de natureza qualitativa de tipo documental, pois os resultados foram obtidos a partir das demonstrações contábeis da empresa em um período de sete anos (2011 a 2017). Autores como Assaf Neto (2012), Gitman (2004) e Iudícibus (1998) foram utilizados no embasamento teórico. Ao final, conclui-se que é fundamental a análise das demonstrações contábeis, juntamente com a aplicação dos modelos de previsão de insolvência para a análise de crédito, pois é uma maneira de tomada de decisão observando o comportamento financeiro da empresa que busca o recurso.


Texto completo:

PDF

Referências


Assaf Neto, A. (2002). Estrutura e Análise de Balanços: um enfoque econômico-financeiro. 7. ed. São Paulo.

Birolo, P. B. & Cittadin, A. & Ritta, C. O. (2011). Análise de crédito por meio de modelos de previsão de insolvência: um estudo de caso na Empresa Cerâmica Alfa S.A. Revista Catarinense da Ciência Contábil – CRCSC. 27-39.

Bueno, V. F. F. (2004). Avaliação de risco na concessão de crédito bancário para Micros e Pequenas Empresas. Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

Castro Neto, J. L. & SÉRGIO, R. S. G. (2009). Análise de Risco e Crédito. Curitiba: IESDE Brasil S.A.

Fachin, O. (2006.) Fundamentos de Metodologia. 5.ed. Saraiva, São Paulo.

Ferreira, J. F. A. (2010). Análise de Crédito. Instituto Municipal de Ensino Superior de Assis – IMESA.

Gewehr, R. V. M. (2016). Análise da informação contábil para concessão de crédito: um estudo de caso em empresa de pequeno porte. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Gil, A. C. (2010). Como elaborar projetos de pesquisa. 5.ed. Atlas, São Paulo.

Gitman, L. J. (2004). Princípios de administração financeira. 10. ed. Addison Wesley, São Paulo.

Iudícibus, S. (1998). Análise de Balanços. 7. ed. Atlas, São Paulo.

Kitzberger, H. & Padoveze, C. L. (2004). Integração do Modelo Fleuriet com a Abordagem Tradicional de Análise das Demonstrações Contábeis. Pensar Contábil:14-20.

Lakatos, E. M. (2010). Fundamentos da metodologia científica. 7. ed. Atlas, São Paulo.

Luiz, E. A. R. & Slomski Neto, G. & Sugita, J. S. & Silva, S. Ap. & Lourenço, F. (2017). A importância da análise de crédito no controle da inadimplência: um estudo de caso na empresa Direção Marcas e Patentes. UniBrasil – Cadernos da Escola de Negócios: 240-263.

Machado, G. M. (2012). Método de análise para concessão de crédito: estudo em uma indústria de fertilizantes. Monografia, Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

Matarazzo, D. C. (2003). Análise Financeira de Balanços. 6 ed. Atlas, São Paulo.

Matarazzo, D. C. (2010). Análise financeira de balanços: abordagem gerencial. 7 ed. Atlas, São Paulo.

Melo, F. C. & Borges, L. J. (2017). Análise do desempenho econômico-financeiro pré e pós fusão através de indicadores de rentabilidade e endividamento: um estudo de caso na LATAM Airlines. In: XXIV Congresso Brasileiro de Custos, Florianópolis.

Mondini, L. C. (2005). Análise de crédito de empresas desobrigadas da emissão de balanço/balancete patrimonial: uma contribuição às instituições de crédito. Dissertação de mestrado, Faculdade Escola de Comércio Álvares Penteado, São Paulo.

Mori, D. B. (2011). Análise das demonstrações financeiras: sua importância para concessão de crédito. Monografia, Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

Ortega, D. R. (2013). Concessão de crédito e o gerenciamento da carteira de recebíveis: estudo de caso de empresa do ramo de máquinas florestais. Monografia, Universidade Federal Do Paraná, Curitiba.

Padoveze, C. L. & Benedicto, G. C. (2007). Análise das Demonstrações Financeiras. 2. ed. rev. e ampl. Thomson Learning, São Paulo.

Padoveze, C. L. & Benedicto, G. C. (2010). Análise das demonstrações financeiras. 3. ed. rev. e ampl. Cengage Learning, São Paulo.

Rezende, I. C. C. & Farias, T. X. T. & Oliveira, A. S. (2010). Aplicação dos modelos de Elizabetsky e Kanitz na previsão de falência: um estudo descritivo das melhores e maiores empresas por setor listadas na Revista Exame em 2010. Revista Mineira de Contabilidade: 35- 42.

Rodrigues, C. M. (2012). Análise de Crédito e Risco. 3. ed. InterSaberes, Curitiba.

Rufatto, C. (2011). Contribuições da análise das demonstrações contábeis para tomada de decisões em uma empresa de construção civil. Revista E-estudante – Electronic Accountingand Management.

Santos, A. F. M. (2016). Análise econômico-financeira do mercado segurador brasileiro no período pós-plano Real. Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão.

Segura, L. C. & Molini, L. & Ferreira, C. (2016). Análise de Crédito: um estudo exploratório sobre a sua aplicação nos setores industrial e financeiro. Revista Eletrônica do Departamento de Ciências Contábeis & Departamento de Atuária e Métodos Quantitativos da FEA: 58-76.

Silva, A. J. (2017). Análise do risco de crédito das principais instituições financeiras que atuam no Brasil em relação a fatores econômicos do país. Dissertação de mestrado, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo.

Silva, A. C. R. (2003). Metodologia da pesquisa aplicada à contabilidade: orientações de estudos, projetos, relatórios, monografias, dissertações, teses. 1. ed. Atlas, São Paulo.

Silva, J. P. (2005). Análise financeira das empresas. 7. ed. Atlas, São Paulo.

Silva, M. M. (2016). Determinantes da concessão de crédito nas operações para empresas da construção civil: um estudo de caso. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade do Extremo Sul Catarinense, Criciúma.

Silva, S. R. & Rodrigues, A. C. & Gomide, L. A. P. & SILVA, M. W. (2016). A contribuição das demonstrações contábeis no processo de concessão de crédito: um estudo de caso do município de São Paulo. Revista de Micro e Pequenas Empresas e Empreendedorismo da Fatec: 222-249.




DOI: https://doi.org/10.23925/cafi.v2i2.43208

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

A Revista CAFI apoia a Declaração de São Francisco sobre Avaliação de Pesquisa (DORA)

 Cirad assina a Declaração de São Francisco sobre a avaliação da pesquisa (DORA). Logo da iniciativa DORA



Indexadores

Conforme Qualis único de  2017-2018 (divulgado em 2019)


 

 

 

logo

 

Diretórios 

 

 

 

 

 

Creative Commons

 

A Revista Cafi adota a licença do CC-BY Creative Commons Attribution 4.0

 


ISSN 2595-1750