No princípio da história, era um jogo de bola. jogo, poder e religião entre os maias

Fernando Torres Londoño

Resumo


O jogo de bola (juego de pelota) foi uma prática constante em grande parte da Mesoamérica, jogado por culturas tão antigas como a olmeca (1200 - 400 B.C), ou, do tempo da conquista espanhola, a mexica. Este artigo destaca que, entre os maias, os jogos de bola cumpriam diferentes funções: atividade lúdica, esportiva e teatral, nas quais reis triunfantes e reis derrotados eram os atores; representação de guerras e alianças; ritual que repetia o antagonismo cósmico da origem dos tempos; e forma de seleção das vítimas destinadas ao sacrifício que honrava os deuses. Tais funções são configuradas aqui a partir do livro Popol Vuh e da referência à linguagem visual do jogo, presente nos baixos-relevos e nos painéis das quadras, bem como na cerâmica cerimonial.

Palavras-chave


maias, jogo de bola, religião, Popol Vuh, jogos

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais